Grande SP - Política -

Sem fantasmas: prefeito de Osasco quer biometria para controlar presença de servidores

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (PTN), decretou a criação de uma comissão para estudar a implantação do sistema de biometria nos prédios públicos. A intenção é controlar o acesso (e a permanência) dos servidores municipais em seus postos.

Investigado pelo Ministério Público, justamente por um esquema envolvendo a contratação de funcionários fantasmas na Câmara Municipal, Lins – que garante inocência – diz que a medida será uma ferramenta de transformação da cidade. “É com essas e outras iniciativas que iremos projetar Osasco para o Futuro”, diz o prefeito.

Na noite desta quarta-feira (11), ele assinou outro decreto visando reduzir em 30% os gastos públicos com energia elétrica. A meta é economizar R$ 1 milhão no primeiro ano.

Leia também:

Conheça os novos secretários nomeados por Rogério Lins em Osasco

Compartilhar: