ABC - Grande SP - Política -

De olho no Planalto, senador Álvaro Dias visita prefeitos da Região Metropolitana

Anunciado como candidato à Presidência da República em 2018 pelo Podemos (ex-PTN), o senador Álvaro Dias começa uma peregrinação por cidades da Grande São Paulo neste fim de semana. Encontros agendados com prefeitos servirão para identificar cenários favoráveis à costura de futuros apoios políticos.

A agenda tem início nesta sexta (22), às 18h. O senador estará em São Bernardo para uma visita ao chefe do Executivo, Orlando Morando (PSDB), no prédio da Prefeitura. Desde que a presidente nacional do Podemos, a deputada federal Renata Abreu, anunciou a pré-candidatura de Dias, políticos do ABC já estiveram com o senador.

É o caso do prefeito de Ribeirão Pires, Kiko Teixeira (PSB), e do ex-prefeito da cidade Clóvis Volpi, levado recentemente à Brasília pelo presidente do Podemos de Mauá, Evandro Egregora. Volpi está sem partido desde que foi expulso do PSDB por apoiar Donisete Braga (PT) no segundo turno da eleição ao Paço mauaense no ano passado (ele também estava na disputa e terminou o primeiro turno em terceiro lugar).

Nesta semana, surgiu a informação de que Aidan Ravin, ex-prefeito de Santo André, pode trocar o PSB pelo Podemos e se lançar candidato a deputado estadual, em dobrada com o vereador andreense Jobert Minhoca (Professor Minhoca), que deixaria o ninho tucano e tentaria ser deputado federal. A sondagem a outros nomes da região apenas começou. Em tempo: ex-chefe de gabinete e ex-braço direito do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), Luiz Antonio Cicaroni foi oficializado presidente do Podemos no município.

Osasco

Do ABC, o senador segue para Osasco, onde concede entrevista coletiva à imprensa, neste sábado (23), no auditório do jornal Diário da Região. Oficialmente, o tema é o cenário político atual. Na cidade, é o prefeito Rogério Lins (Podemos) quem tem a missão de ajudá-lo a se tornar um presidenciável competitivo.

No início do mês, Lins e o prefeito de Itapevi, Igor Soares, também do Podemos, se reuniram com o senador e com Renata Abreu. O encontro – “para tratar de investimentos nas duas cidades” – serviu para por fim aos comentários de que o chefe do Executivo de Osasco aceitaria convite – vindo do governador Geraldo Alckmin (que deseja ser o candidato do PSDB à presidência) – para deixar a legenda e compor bases de apoio ao governo do Estado e até mesmo à Presidência da República (o Podemos deixou a sustentação do presidente Michel Temer há dois meses).

Álvaro Dias está em seu quarto mandato como senador, representando o Paraná, estado que governou de 1987 a 1991.

(Foto: Pedro França / Agência Estado)

Leia também:

Kiko obtém vitória no STF em ação sobre registro de candidatura

Compartilhar: