ABC - Política -

PSB de Mauá reelege presidente e quer Admir Jacomussi entre os filiados

Israel Aleixo foi reeleito presidente do diretório mauaense do PSB, em congresso realizado no último sábado (12), na Câmara Municipal. Aleixo é o atual superintendente da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá).

Além de contar com o prefeito Atila Jacomussi, o PSB projeta crescimento em Mauá e Aleixo não esconde o desejo de ter o pai do chefe do Executivo no partido. O convite para que Admir Jacomussi, o Jacó, atualmente no PRP, seja um dos primeiros a aderir à campanha de filiação iniciada na cidade já foi feito.

“O vereador Jacomussi (atual presidente da Câmara) é o mais experiente da cidade, esteve presente nos principais momentos da nossa história. Tê-lo nos quadros do PSB seria um grande ganho para o partido e, com certeza, contribuiria para o nosso crescimento político”, afirmou o presidente reeleito.

Candidato a deputado estadual na próxima eleição, Jacó entende (assim como outros integrantes da atual administração) que o PRP – partido pelo qual se elegeu para o nono mandato como vereador – oferece poucas condições para que ele conquiste vaga na Assembleia Legislativa. A eleição do tradicional político em 2018 é prioridade do governo Atila.

Eleger o pai, Admir Jacomussi, deputado estadual em 2018 é prioridade para o prefeito Atila

Além de PSB, do vice-governador Márcio França – que tem pretensão de suceder Geraldo Alckmin (PSDB) no Palácio dos Bandeirantes -, PEN e outras siglas já demonstraram interesse em Jacó. O objetivo é que ele conquiste em torno de 60 mil votos – 40 mil em Mauá.

“Estamos reescrevendo a história dessa cidade, trazendo respeito e dignidade ao povo. Não é a toa que recebemos aprovação de 86%, a melhor do Estado São Paulo (segundo o instituto Indsat). E nosso partido está em boas mãos. Tenho orgulho do Israel (Aleixo)”, afirmo psbu o prefeito Atila, ao comentar a projeção do PSB em Mauá, a partir de sua eleição em 2016.

Leia também:

Por apoio, Doria tenta “promover” Orlando Morando e Paulo Serra dentro do PSDB

 

Compartilhar: