ABC - Política -

Mais um prefeito do ABC embarca na caravana de Doria; Lauro Michels vai a Natal

O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), é mais um do ABC a embarcar na caravana de João Doria (PSDB), que percorre o Brasil – mas tem insistido em dizer (assim como que é político e não gestor) que a intenção não é fortalecer seu nome para uma possível candidatura à presidência, mas para receber homenagens. Desta vez, o título de cidadão natalense e a Medalha Frei Miguelinho, maior honraria concedida pela Câmara Municipal de Natal.

Assim como ocorreu em Salvador, quando manifestantes atiraram ovos contra ele e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), Doria foi recebido em Natal, nesta quarta-feira (16), sob protestos. Um grupo chegou a entrar no Shopping Midway Mall, na capital potiguar – onde está o Teatro Riachuelo (local da cerimônia de entrega do título) -, com cartazes e aos gritos contra o tucano. Na Bahia, o prefeito paulistano estava acompanhado ainda pelo chefe do Executivo de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB).

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), foi convidado a participar da cerimônia, mas desmarcou presença, em decorrência da Operação Anteros, deflagrada nesta terça-feira (15) pela Polícia Federal e pela Procuradoria Geral da República. Ele é apontado como principal beneficiário de esquema de desvio de R$ 5,5 milhões da Assembleia Legislativa, enquanto presidiu a Casa de 2003 a 2010, e investigado por suspeita de obstrução da Justiça.

Doria desembarcou no aeroporto de São Gonçalo do Amarante em jatinho particular, assim como ocorreu em Palmas (TO), onde contou com Kiko Teixeira (PSB), prefeito de Ribeirão Pires, na comitiva. A justificativa dos prefeitos para se ausentarem do expediente nos executivos municipais é a “troca de experiências”.

“Estamos discutindo políticas públicas para a nossa região e ações de gestão integrada. Nosso compromisso é buscar melhorias sempre para a nossa cidade e para a população que vive no entorno”, justificou Michels. Veja o que disseram os outros prefeitos que deixaram a região para acompanhar Doria em viagens:

“A convite do prefeito João Doria, fiz parte da comitiva paulista que cumpriu agenda pública na hospitaleira Salvador, com o prefeito ACM Neto e o ministro-chefe da Secretaria de Governo do Brasil, Antonio Imbassahy. Doria recebeu o título de cidadão soteropolitano e participamos de palestras e reuniões com lideranças empresariais, uma pauta produtiva”, definiu Auricchio, que viajou à Bahia – cenário do episódio da ovada – no dia 07, uma segunda-feira.

“Fomos recebidos pelo prefeito da capital tocantinense, Carlos Amastha, para uma ótima oportunidade para compartilhar desafios na gestão pública com empresários e outros prefeitos. Romper barreiras e superar desafios devem ser compromissos dos gestores com um novo tempo para suas cidades”, alegou Kiko, que esteve em Palmas, nesta segunda (14), ao lado dos prefeitos João Doria, de São Paulo, e Jonas Donizette, de Campinas.

Leia também:

Em Santo André, Doria diz que discurso anti-PT vai pautar campanha presidencial de 2018

Compartilhar: