ABC - Política -

Auricchio revê decisão sobre clubes de São Caetano

Autor do projeto que municipalizou os clubes de São Caetano, transformando-os em Centros Esportivos e Recreativos, o próprio prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) – reconduzido ao Palácio da Cerâmica – já pediu à Secretaria de Esporte, Turismo e Juventude e aos administradores recém empossados para reavaliarem pontos da medida. Os espaços passaram a ser administrados pela Prefeitura, em 2010, durante o segundo mandato de Auricchio.

A Sociedade Esportiva, Recreativa e Cultural (S.E.R.C) Santa Maria virou C.E.R Victório Dal’mas, por exemplo. Já o Águias de Nova Gerty, o Centro Integrado de Educação e Esporte da escola Alcina Dantas Feijão. Como os nomes dos antigos clubes nunca deixaram de ser usados pela população, ainda seguem na fachada de locais como o Sete de Setembro (atual C.E.R Joel Carlos Nery).

SETE-DE-SETEMBRO-17_01_14-2-620x260

7b2d0a8f-a79f-4252-81f0-57eb95ef0801

Entenda

A municipalização, aprovada pela Câmara Municipal, causou polêmica na época, pois os espaços (cedidos em comodato) eram administrados por associações que cobravam mensalidades e outras taxas dos sócios, mas contavam com subsídios municipais e isenção de impostos – o que virou alvo do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP). Embora o controle da gestão tenha passado para o município, as associações que exploravam os terrenos anteriormente não deixaram de existir

Auricchio quer agora retomar o processo de permissão de uso pelas associações para que “possa haver uma exploração comercial regulada dos espaços que estão em estado de penúria”. Em resumo: os munícipes ganharam no passado uma alternativa de lazer gratuito, mas em locais que – sem infraestrutura e manutenção adequadas – acabaram sucateados. A missão será encontrar meios criativos de gerar receita, segundo o prefeito.

Leia também:

Aumento da tarifa de ônibus é revogado por Auricchio

Auricchio tem rodada de negociações com educadores

Compartilhar: