ABC - Política -

Alckmin estará em Diadema nesta terça-feira (27)

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmou agenda para esta terça-feira (27), às 10h, em Diadema. Ele vai entregar as unidades da Fábrica de Cultura e da Rede de Reabilitação Lucy Montoro no município.

De responsabilidade do governo estadual, as duas obras deveriam ter ficado prontas em 2016 e eram aguardadas com expectativa pela população diademense. A agenda do governador pelo ABC inclui ainda passagem por São Bernardo, onde será assinado convênio entre o município e o Estado, no Hospital de Clínicas, para a área da Saúde.

Governo paulista

Prestes a deixar o Palácio dos Bandeirantes para concorrer à Presidência da República, Alckmin será substituído pelo vice, Márcio França (PSB), que vem costurando apoios visando a reeleição em outubro, embora o PSDB tenha confirmado a candidatura do prefeito de São Paulo, João Doria, com o objetivo de não perder o Estado que comanda há 24 anos. Entre os apoios já declarados a França, está o do prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV).

Além de Lauro, outros dois prefeitos do ABC abraçaram o projeto de França para o governo paulista: Atila Jacomussi, de Mauá, e Kiko Teixeira, de Ribeirão Pires, ambos do PSB. O tucano Gabriel Maranhão, de Rio Grande da Serra, que apoiou a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2014, desta vez, deve deixar o PSDB. Está de malas prontas para o PSB, de França.

Vale lembrar que, em 2014, Lauro apoiou o projeto de reeleição de Alckmin. Dois anos depois, o governador do Estado retribuiu o apoio para que o prefeito de Diadema fosse reconduzido ao comando do Paço Municipal.

PT

Neste domingo (25), o PT confirmou o nome do ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, como candidato ao governo de São Paulo. Presidente do partido no Estado, ex-ministro do Trabalho e da Previdência do governo do ex-presidente Lula, Marinho travou disputa interna com o ex-prefeito de Guarulhos, Eloi Pietá.

Eduardo Suplicy, hoje vereador na Capital, tentará voltar ao Senado – a outra vaga petista para senador terá Jilmar Tatto como candidato.

Leia também:

Ações na gestão de resíduos sólidos resultam em aumento de 140% da reciclagem em Santo André

 

 

Compartilhar: