ABC - Sociedade -

São Caetano fecha parceria com a Comgás e pode ser a primeira cidade com 100% de gás encanado no país

A Prefeitura de São Caetano do Sul, via Secretaria de Obras e Habitação, abriu uma agenda junto à Comgás com a finalidade de demonstrar que a cidade – com o maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do país – oferece condições de segurança e sustentabilidade para se tornar a primeira a ter 100% de gás encanado no Brasil. A experiência piloto será na nova escola da rua Saldanha Marinho (bairro Santa Paula), cujas obras – iniciadas em 2016 – foram retomadas recentemente.

Num primeiro momento, a empresa instalará a infraestrutura necessária para que todos os próprios públicos da Educação (começando pela nova escola municipal) e Saúde, além de espaços esportivos, tenham a rede de gás. “Isso sem nenhum custo ao município”, explica Enio Moro Júnior (foto), secretário de Obras e Habitação.

O secretário fechou a parceria recentemente com o gerente regional da Comgás, Silvio Renato Del Boni, e os estudos para que São Caetano esteja totalmente coberta com o serviço de gás encanado já foram iniciados. “É algo que está dentro da agenda ambientalmente responsável da Prefeitura e a cidade está estruturada para isso”, completa Enio, lembrando que a modernização da frota municipal terá início e contará com um carro movido a gás natural, com a conversão oferecida pela própria Comgás.

A expectativa é a de que, em menos de sete anos, a empresa possa garantir esse pioneirismo ao município, cujas características devem facilitar o projeto: são apenas 15 km² de área, onde estão 158.825 habitantes (é a quinta maior densidade demográfica do estado de São Paulo e a sexta do Brasil: 9.736,03 habitantes por km²). São Caetano já conta com 100% de redes de água e esgoto.

“Essa inovação garantirá a diminuição do número de caminhões que transportam botijões pelas ruas, aumentando as condições de segurança, já que o gás encanado é mais seguro”, finaliza o secretário.

Ainda no ABC

A Prefeitura de São Bernardo do Campo fechou, no início de maio, parceria com a Comgás para o fornecimento de gás natural ao Hospital de Clínicas, localizado na Estrada dos Alvarengas. Com isso, todo o sistema de aquecimento de água, aquecedores e cozinha serão movidos por uma energia sustentável e mais barata.

Na ocasião, foi explicado que, além de ser uma fonte de energia mais sustentável e que emite menos poluentes, o gás natural usado no local resultará em uma economia de R$ 3 mil ao mês (R$ 36 mil/ano) aos cofres públicos.

Leia também:

Auricchio visita obras do futuro CAPS AD em São Caetano

Compartilhar: