ABC - Sociedade -

Caetano Veloso vai visitar ocupação do MTST a convite de Guilherme Boulos

O líder do MTST, Guilherme Boulos, vai levar o cantor Caetano Veloso ao terreno no qual 7.500 famílias estão acampadas há cerca de um mês, em São Bernardo. As informações são da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.

Ao lado de artistas como Camila Pitanga, Letícia Sabatella, Paula Burlamaqui, Otávio Muller, Gisele Fróes e Elisa Lucinda, Caetano gravou um vídeo defendendo a ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto na região do ABC. A visita do cantor, no entanto, ainda não tem data definida.

Nesta quinta (19), Boulos – cotado para ser candidato à Presidência da República em 2018 pelo PSOL – inaugurou no local o que chama de “barracão de aula pública”. Frei Beto foi o convidado para a estreia do espaço.

Entenda

Famílias da ocupação Povo Sem Medo, de São Bernardo, com o apoio do MTST, reivindicam a desapropriação, por parte do Governo do Estado, de um terreno particular ocupado desde o dia 1º de setembro, no bairro Planalto, para a construção de moradias. A área, de mais de 70 mil m², é particular e está abandonada há 40 anos, inclusive com mais de R$ 500 mil em débitos de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Ocupação: 7.500 famílias estão desde 1º de setembro em terreno particular no bairro Planalto em São Bernardo

A MZM Incorporação Ltda., empresa proprietária da área, entrou na Justiça com pedido de reintegração de posse. Moradores e comerciantes vizinhos do terreno discordam da ocupação e criaram o MCI (Movimento Contra a Invasão), mas a reintegração foi suspensa até que ocorra uma reunião entre representantes dos governos federal, estadual, municipal, proprietário e movimento.

Segundo o desembargador e relator Correia Lima, que manteve a decisão do juiz Fernando de Oliveira Domingues Ladeira, da 7ª Vara Cível, pela reintegração, é preciso “buscar uma forma menos conflituosa para a reintegração”. Nesse sentido, ele determinou a intervenção do Grupo de Apoio às Ordens Judiciais de Reintegração de Posse (Gaorp) para o cumprimento da decisão.

No dia 16 de setembro, um homem identificado como Aldinei Serapião da Silva, de 40 anos, foi atingido por um tiro de chumbinho. De acordo com Boulos, ele foi atingido dentro da ocupação do MTST. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Bernardo como lesão corporal.

(Fotos: Kevin Winter/Getty Images for MOCA e Ricardo Stuckert; com informações do G1)

Leia também:

São Caetano despenca 27 posições em ranking de urbanismo

Compartilhar: