ABC - Grande SP - Sociedade -

Sua Saúde: sofre de ansiedade? Alívio pode estar no toque das mãos

Sem dúvida alguma, você já ouviu falar que a ansiedade é um dos males mais comuns dos tempos modernos. A cada minuto surge ainda uma informação nova e, consequentemente, uma preocupação nova. A boa notícia é que há maneiras de diminuí-la ou mesmo evitá-la. Uma delas é a massoterapia.

“Na minha prática clínica atendo muitos pacientes que relatam ser pessoas muito ansiosas. Ao mesmo tempo, existe uma banalização do termo, que determina uma patologia específica, com sintomas e diagnósticos já definidos”, explica o massoterapeuta Douglas N. Simplício, de Santo André.

Segundo o profissional, a ansiedade é o incômodo causado pela antecipação de um fato que ainda não aconteceu – e que, na maioria das vezes, tem uma probabilidade muito pequena de acontecer. “É nesse ponto que a ansiedade se difere do medo, no qual a sensação de desconforto se dá diante de um fato que está acontecendo naquele momento.”

Sintomas

Inquietação, nervos à flor da pele, fatigabilidade, dificuldade para se concentrar (ou sensações de branco na mente), irritabilidade e tensão muscular, além de perturbação do sono (quando você tem dificuldade para dormir, sono leve ou sente que dorme mas acorda cansado). Alguns desses sintomas lhe são familiares? Se sim, você pode ter transtorno de ansiedade.

Perturbações do sono (dificuldade para dormir, sono leve ou aquela sensação de dormir e acordar cansado) podem ser reflexos da ansiedade

É bom lembrar que para ser diagnosticada como tal, a pessoa deve apresentar três ou mais desses sintomas durante os últimos seis meses e na maioria dos dias. “O diagnóstico deve ser feito por um profissional competente nunca por uma autoanálise”, alerta Douglas. A pedido do blog, ele dá algumas dicas para quem quer (e precisa) se livrar da ansiedade.

Sintomas do transtorno de ansiedade devem estar associados e durar seis meses ou mais, se manifestando quase todos os dias

1-) Massagens e terapias complementares

“A massoterapia tem excelentes resultados na redução dos sintomas da ansiedade e não apenas em casos de dores e tensões musculares, como muita gente imagina. Tenho observado reflexos positivos na qualidade do sono, na diminuição da fadiga, na redução da inquietação, até mesmo com a melhora da memória e a clareza dos pensamentos.”

Segundo o massoterapeuta – com cursos de especialização em diversas terapias complementares -, outras técnicas como a acupuntura, a aromaterapia ou atividades que têm efeitos terapêuticos (a exemplo do yôga) resultam em acentuada redução dos sintomas.

2-) Atividades Físicas

Além das massagens, a prática de exercícios físicos é altamente recomendada para driblar crises de ansiedade. “Não importa qual a atividade, qualquer uma ajuda a liberar diversos hormônios responsáveis pela sensação de felicidade e bem-estar. Além disso, a atividade física é indispensável para o bom funcionamento fisiológico do nosso corpo. Um corpo saudável é um corpo feliz”, define Douglas.

3-) Meditação

Também estudante de Medicina Ayurveda e praticante de meditação, Douglas esclarece que a prática, muito mais do que “estar na moda” (quem nunca viu uma postagem sobre mindfulness?), acalma a mente e melhora o humor. “Cinco minutos por dia são suficientes e, em poucos dias, a pessoa já vai perceber resultados relevantes.”

4-) Gestão de tempo

Por fim, tente gerir o seu tempo. Essa pode parecer a tarefa mais difícil, mas é extremamente valiosa. “Boa parte da ansiedade resulta de compromissos e responsabilidades que podem ser evitados ou administrados de maneira mais eficiente. Quando sabemos a hora exata de uma determinada tarefa ou de uma ação específica, a sensação de ansiedade prévia tende a diminuir. Reservar alguns minutinhos para organizar a agenda, vai fazer toda a diferença.”

Profissional fala sobre sinais do transtorno de ansiedade e dá dicas para se livrar dela

De acordo com o especialista, não importa qual caminho a pessoa decida seguir – optar por uma dica isolada ou aliar todas as orientações -, o importante é não adiar o tratamento para evitar a ansiedade. “O momento é agora, pois saúde e bem-estar são as coisas mais importantes da vida.”

Serviço:

Doulgas N. SimplícioMassoterapeuta, com diversos cursos de especialização em terapias complementares; estudante de Medicina Ayurveda; praticante de meditação
Tel.: (11) 9 8411-5401 (ABC e Grande São Paulo)

Leia também:

Ana Botafogo subirá ao palco com 220 bailarinos em espetáculo do Studio Giselle para celebrar 40 anos de dança

 

Compartilhar: