ABC - Sociedade -

Prefeitura anuncia retomada do Festival do Chocolate e garante que será a versão mais “enxuta” do evento

O prefeito Kiko Teixeira (PSB) anunciou, no final da tarde desta segunda (26), em seu gabinete, que o Festival do Chocolate voltará a ser realizado em Ribeirão Pires. O evento, que já foi tradição no Grande ABC, viveu períodos de instabilidade e não ocorria desde 2015.

Em sua 11ª edição, a festa será mais econômica, priorizando o resgate de suas origens, afirma o chefe do Executivo. “Nos últimos quatro anos, o festival só aconteceu duas vezes, embora tenha o caráter de manter o título de Ribeirão Pires, a única estância turística da região do ABC. Com novo formato, em dois finais de semana, voltará à essência de sua primeira edição, valorizando as chocolateiras locais para a geração de emprego e renda.”

Embora enxuto, Kiko avisa que a qualidade cultural e gastronômica do Festival do Chocolate será mantida e que o objetivo principal é que o evento não deixe mais de ser realizado. “É um resgate e estímulo ao desenvolvimento econômico do município. Queremos que o festival se incorpore cada vez mais às tradições de Ribeirão Pires, uma vez que faz parte do calendário turístico e de eventos do estado de São Paulo”, explica o prefeito.

Com investimento estimado em R$ 700 mil, o Festival do Chocolate será realizado nos dias 28, 29 e 30 de julho e 04, 05 e 06 de agosto, no Complexo Ayrton Senna. O ingresso para os shows principais será um quilo de alimento não perecível (exceto açúcar e sal). O que for arrecadado será revertido ao Fundo Social de Solidariedade do município. “O festival já chegou a custar mais de R$ 2 milhões. Ainda estamos em busca de patrocínios para tentar baratear ainda mais nossa versão”, diz Kiko.

Os chalés de gastronomia e artesanato serão locados pela ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires), conforme convênio de cooperação técnica firmado com a Prefeitura e autorizado por lei municipal. Além dos aluguéis, ficará sob responsabilidade da associação o recebimento das verbas dos patrocínios, bem como a definição dos produtos que deverão ser comercializados em cada espaço (após a pré-seleção dos candidatos).

Para o prefeito, o evento não pode ser encaradado como gasto, mas como investimento, já que Ribeirão Pires é uma estância turística. “A festa sempre trouxe gente para o município e cada vez as estâncias precisam mostrar resultado para não perderem seus títulos (e consequentemente verbas do governo do Estado). Estamos resgatando todo o pessoal envolvido e queremos que as pessoas voltem a acreditar no potencial do Festival do Chocolate. Com a capacitação das chocolateiras, queremos que os efeitos do evento se estendam para além dos dois fins de semana e que o público venha para a cidade o ano todo.”

Atrações e Eventos Paralelos

O 11º Festival do Chocolate terá dois palcos e apresentações das bandas Inimigos da HP (28/07), Titãs (29/07) e Ultraje a Rigor (30/07), no primeiro fim de semana. Rionegro & Solimões (04/08), Ira! (05/08) e Guilherme & Santiago (06/08) serão as atrações principais do segundo final de semana. Artistas locais também farão parte da programação.

O evento de abertura ao público será no dia 22 de julho, às 19h, na Vila do Doce (Rua Boa Vista s/nº), com a apresentação da Orquestra Bachiana Filarmônica SESI São Paulo, sob a regência do maestro João Carlos Martins – com realização da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e do SESI (Serviço Social da Indústria) São Paulo, com apoio da Prefeitura.

Outra novidade será a 1ª Choco Run, corrida e caminhada de 5 e 10 quilômetros, no dia 06 de agosto, encerramento do Festival do Chocolate. Com largada da Avenida Prefeito Valdírio Prisco, no Complexo Ayrton Senna, o circuito incluirá as principais avenidas da cidade. As inscrições já podem ser feitas online: https://sites.minhasinscricoes.com.br/ChocoRun.

O anúncio da realização do 11º Festival do Chocolate foi acompanhado pelo vice-prefeito, Gabriel Roncon (PTB), além do secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Marcelo Menato; do presidente da ACIARP, Gerardo Sauter; do presidente do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), Cesar Ferreira; da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Flávia Dotto; e da Princesa do Cholocate 2017, Rafaela Lima, de 18 anos. Ele foi escolhida em concurso realizado no início de junho e disputou o título com outras nove candidatas.

Leia também:

Ribeirão Pires: prefeito Kiko se prepara para cumprir agenda em Brasília

Compartilhar: