ABC - Política -

Morando começa governo nas ruas e promete resgatar autoestima de funcionários públicos e da cidade

Tal qual João Doria, na capital, mas sem uniforme de gari, Orlando Morando (PSDB) iniciou o primeiro dia útil de sua gestão nas ruas de São Bernardo. Ele deu início a um programa de zeladoria municipal e plantou uma árvore para simbolizar “a esperança de um novo tempo para a cidade”.

Batizada “Nova São Bernardo” a ação reúne serviços de capinação e roçagem; pintura de guias e postes; sinalização viária; limpeza de bocas de lobo e galerias; manutenção de calçadas; operações bota-fora (recolhimento de entulho) e tapa-buracos; colocação de lixeiras; e plantio de mudas. Morando iniciou as atividades na Estrada Galvão Bueno, no Bairro Batistini, acompanhado de seu vice e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima (SD), e do secretário de Transportes, Fernando da Costa.

15870776_1051487821628690_284724012_n

Com capacete, calça preta e camisa azul – o vice com o mesmo figurino -, o prefeito encarou o cabo da enxada, regou a muda de  ipê amarelo plantada (Lima plantou um ipê roxo) e até se aventurou num maquinário para corte de  grama. Segundo Morando, dentro de um mês a população deverá perceber o resultado das ações pelas principais vias da cidade.

Ele cumprimentou os funcionários da administração direta e de empresas terceirizadas envolvidos, pedindo a colaboração de todos. “Tenho certeza que com o apoio de vocês, em pouco tempo, vamos dar um aspecto melhor para nossa cidade, deixá-la bonita, que é o que sem dúvida as pessoas esperam, não do prefeito, mas da Prefeitura. A qualidade dos serviços públicos”, afirmou.

15870757_1051520801625392_1741736923_n

15841492_1051487834962022_1059956868_n

Morando fez questão de frisar que é “uma nova administração” e que, apesar da crise financeira que impacta em governos municipais e estaduais, “não faltará dinheiro para pagar salário de nenhum servidor público, nem de terceirizados”. Segundo ele, o ajuste financeiro que inicia junto com seu governo vai garantir a medida. “Vamos ter que fazer vários ajustes, mas vamos honrar folha de pagamento, o compromisso com o funcionalismo de nossa cidade”, garantiu o chefe do Executivo, cuja meta é economizar R$ 100 milhões no primeiro ano.

15871393_1051520824958723_808863613_n

Vale lembrar que a inspiração em Doria não é por acaso. Morando até usou na campanha o mesmo jingle do prefeito de São Paulo, o “trabalhador”. Antes de seguir para o Paço Municipal, ele tirou fotos com funcionários e saudou eleitores.

 

Compartilhar: