ABC - Sociedade -

Governo do Estado recomenda fechamento de shoppings e academias da Grande São Paulo

Após governador dar a entender ser uma determinação, secretária de Desenvolvimento Econômico fala em recomendação 

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (18), no Palácio dos Bandeirantes, o Governo de São Paulo anunciou medida que visa o fechamento de todos os shopping centers e academias das cidades da Região Metropolitana de São Paulo, onde há maior concentração de casos da COVID-19. Mais cedo, algumas redes de shoppings chegaram a anunciar o funcionamento em horários diferenciados, em geral das 12h às 20h, por tempo limitado.

Segundo o anúncio do governador João Doria (PSDB), shoppings devem fechar as portas até o dia 23 (segunda-feira) e academias até o dia 22 (domingo), visando a proteção de funcionários e clientes. A medida deve durar até o dia 30 de abril e, por enquanto, exclui estabelecimentos do gênero no Interior e no Litoral.

Autoridades de saúde estimam que o pico de infecções pelo novo coronavírus localmente ocorrerá no mês de abril. Por determinação do Ministério da Saúde, a campanha de vacinação contra o vírus influenza (da gripe) será antecipada para o dia 23 deste mês – inicialmente para idosos e profissionais da saúde (grupos de maior risco). O governo paulista fará parceria com até mil farmácias particulares para que vacinem a população gratuitamente.

Esclarecimento

Após o encontro de Doria com jornalistas, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patrícia Ellen, esclareceu – por meio de nota – que o Governo de São Paulo recomenda o fechamento dos shoppings da Capital e da Grande São Paulo e não se trata de uma determinação.

A Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shoppimg) não se manifestou até o fechamento deste texto. Assim que isso ocorrer, o mesmo será atualizado.

Leia também:

Prefeitos do ABC decidem pela suspensão temporária do transporte coletivo na região

 

Compartilhar: