ABC - Sociedade -

Mauá lança campanha Novembro Azul

A Prefeitura de Mauá promoveu na noite desta quarta-feira (08), no Centro de Formação de Professores Miguel Arraes, o lançamento da campanha Novembro Azul, mês escolhido para conscientizar os homens sobre o câncer de próstata. Ações visando a prevenção e o diagnóstico precoce da doença serão realizadas até o próximo dia 30 na cidade.

O Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata é celebrado em 17 de novembro e o Novembro Azul também tem o objetivo derrubar um tabu com relação ao exame de toque retal. Muitos homens deixam de se cuidar por preconceito ou medo de sequelas, como a incontinência urinária e a disfunção erétil.

Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), a cada ano são descobertos 61.200 novos casos de câncer de próstata no Brasil, com um total de 13.772 mortes/ano. No mundo, são mais de 1,1 milhão de novos casos/ano, com mais de 300 mil mortes. É o segundo tumor mais comum em homens (o primeiro é o câncer de pele não melanoma) e a terceira principal causa de morte, depois do câncer de pulmão e colorretal.

O alerta em Mauá também será sobre sintomas e tratamento. O número de pacientes diagnosticados apenas nos estágios avançados da doença – quando o tratamento é mais difícil – vem caindo (hoje está em cerca de 20%) graças a campanhas como a do Novembro Azul.

O prefeito Atila Jacomussi (PSB), prestigiou o evento, acompanhado da primeira-dama, Andreia Rolim Rios, além do pai – o presidente da Câmara Admir Jacomussi (PRP) -, de secretários municipais e funcionários da Saúde. Durante o dia, o chefe do Executivo cumpriu agenda no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Atila se reuniu com o com o vice-governador do Estado e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França, presidente estadual do PSB. Projetos nas áreas de Segurança, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico (o secretário da Pasta em Mauá, Ciomar Okabayashi, acompanhou o prefeito) pautaram o encontro.

Prefeito Atila debateu projetos nas áreas de Segurança, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico com o vice-governador Márcio França e ainda levou demandas da Saúde ao governo do Estado

Na manhã desta quinta (09), a reunião foi com o secretário Chefe da Casa Civil do governo estadual, Samuel Moreira. O assunto principal foi Saúde.

“Encaminhamos uma série de demandas e saímos das reuniões com boas perspectivas. Tratamos da retomada dos repasses de custeio ao Hospital Nardini, uma verba fundamental para a qualidade dos atendimentos na Saúde Pública, e falamos também sobre a instalação de um Bom Prato no Jardim Zaíra, um projeto que está bem avançado, em benefício dos trabalhadores mauaenses”, disse Atila.

Revitalização

Ainda na área da Saúde, a Prefeitura de Mauá anunciou o fechamento, a partir desta quinta (09), da UPA Barão de Mauá, no Jardim Maringá. A unidade vai passar por reforma e terá novos espaços, incluindo um PAI (Pronto Atendimento Infantil) – nos moldes do que foi implantado neste ano no Jardim Zaíra – e uma base descentralizada do SAMU (Serviço Móvel de Urgência).

Enquanto durarem as obras, a população deverá se dirigir às UPAs da Vila Magini, do Jardim Zaíra e da Vila Assis. A previsão é de que a reforma seja concluída até o fim do próximo ano. O valor estimado da obra é de R$ 574 mil.

Leia também:

Mauá tem melhor índice de satisfação com serviços públicos entre as maiores cidades de SP

 

Compartilhar: