ABC - Sociedade -

Ana Moser é parceira da Prefeitura de Santo André em projeto esportivo

Medalhista olímpica em Atlanta (1996) e nome histórico do vôlei nacional, Ana Moser acaba de iniciar o projeto socioeducativo Rede de Núcleos, de seu Instituto Esporte & Educação, em Santo André. A parceria com a Prefeitura foi possível graças ao patrocínio da Bridgstone, por meio de lei de incentivo do Ministério do Esporte.

O Núcleo Santo André vai atender 120 pessoas no CEU das Artes Jardim Marek. Professores do projeto darão aulas para crianças, adolescentes e suas famílias em diversas modalidades: ginástica, futebol, capoeira e vôlei. “Também promovemos jogos e brincadeiras. A importância é a convivência entre todas as idades, com noções de respeito, tolerância e empoderamento. E quem sabe um novo talento para o esporte possa ser revelado”, comentou a ex-jogadora, que iniciou conversas com o Executivo no início do ano.

O evento de lançamento, nesta quinta (31), contou com as presenças do prefeito Paulo Serra (PSDB), do secretário de Esporte e Prática Esportiva, Marcelo Chehade, e do presidente da Bridgestone do Brasil, Fabio Fossen. “Nos enche de orgulho esse momento, ver a alegria no rosto dessas crianças. O esporte é uma importante ferramenta de integração, formação e cidadania. Essas parcerias com a iniciativa privada e com grandes nomes do esporte, aliadas ao trabalho da nossa equipe, trazem resultados e nos dão combustível para seguir em frente”, comentou o chefe do Executivo.

Já vem sendo discutida a possibilidade de ampliação da parceria e a formação de núcleos em outros espaços do município. Chehade lembrou que o contato com a Bridgestone e o Instituto Esporte & Educação foi o primeiro do Departamento de Captação de Recursos, criado pela atual gestão. “Agradeço a ambos, pois é nossa primeira conquista e vai render frutos, abrindo portas para outros projetos. O esporte só traz benefícios, a começar pela saúde”, destacou o secretário de Esporte e Prática Esportiva.

Ana Moser, que já implantou mais de 20 núcleos pelo Brasil, se mostrou impressionada com a estrutura do equipamento municipal (CEU das Artes), no Jardim Marek, e reforçou que, além do poder público, a comunidade tem seu papel nos cuidados com o espaço. “O legal é que nesse lugar várias pastas se convergem (Esporte, Cultura, Eduação, Social), trazendo uma objetividade maior. As pessoas têm que preservar isso, com envolvimento e cidadania”.

Serra, Chehade, Ana e Fossen com crianças que serão atendidas pelo projeto no Jardim Marek

Segundo ela, o projeto não necessariamente precisa ser aplicado em centros educacionais. “Há vários formatos. Aqui (em Santo André) a Prefeitura optou por esse modelo para iniciarmos, mas podemos aplicar em outros espaços públicos, em áreas ao ar livre, integrando mais gente e outros perfis. Depende da proposta para cada lugar.”

Para o presidente da Bridgestone, a iniciativa vai de encontro à filosofia da empresa. “Agradeço a oportunidade de estar aqui. A nossa missão é servir à sociedade com qualidade superior, o que nos propicia momentos como esse”, afirmou Fossen. Ele ainda defendeu o modelo de PPP’s (Parcerias Público-Privadas) como gerador de resultados positivos. “É bom para todos os envolvidos e para a sociedade. Em nosso caso, é muito significativo também apoiar um projeto na mesma cidade onde estamos instalados.”

Em tempos difíceis para a economia, Paulo Serra aproveitou para agradecer a permanência da empresa em território andreense. Fossen fez questão de dizer que neste ano até novas contratações já foram anunciadas.

Desenvolvimento Econômico

A busca de parcerias com a iniciativa privada segue também em outras áreas para alavancar a economia de Santo André. Após o evento com Ana Moser, o prefeito se reuniu com representantes do MBC (Movimento Brasil Competitivo), presidido por Claudio Gastal, e com alguns dos principais empresários da cidade. O encontro, que contou com a presença do executivo Jorge Gerdau, ocorreu no Hotel Blue Tree Towers All Suites. 

Modernização da gestão pública e aproximação com o setor produtivo pautaram encontro do prefeito com empresários, como Jorge Gerdau

O recém-lançado programa “Santo André 500 anos” pautou o debate. Trata-se de uma ação de longo prazo para planejar o município para os próximos 36 anos. São duas frentes: a modernização da gestão pública para o controle de gastos e a aproximação com o setor produtivo, que gera empregos e alavanca o consumo. O objetivo é colocar, até 2024, a cidade entre as cinco primeiras colocadas no IDGM (Índice de Desafios da Gestão Municipal), a partir de melhorias na educação, infraestrutura, sustentabilidade, saúde e segurança.

Atualmente com 464 anos, Santo André está entre as 100 maiores cidades do país, ocupando o 22º lugar como cidade brasileira com maior desempenho, sendo a 14ª no estado de São Paulo. No IDGM entre 2005 e 2015, a cidade passou da 55ª posição para 33ª em saúde, além do grande salto em segurança, tendo passado da 45ª posição para a 6ª. Com PIB de R$ 28,1 bilhões em 2014, o município está entre as 10 maiores economias do Estado.

Leia também:

Centro de Formação de Atletas será criado no Pedro Dell’Antonia em Santo André

 

Compartilhar: