ABC - Sociedade -

Rota da Madeira é novidade para quem visitar Paranapiacaba no feriado de Corpus Christi

Com 34 km de extensão, que podem ser percorridos a pé ou de bicicleta, a Rota da Madeira é a dica do blog para os visitantes que forem a Paranapiacaba nos quatro dias do feriado de Corpus Christi. Uma novidade que remete ao início do século 20 e resgata o antigo caminho para o transporte de madeira produzida na região do ABC e utilizada em construções e na produção de móveis e carvão.

O trajeto foi totalmente sinalizado por equipes da Prefeitura de Santo André. O Locobreque, na entrada da parte baixa da vila, é o ponto de partida e chegada. Aos que pretendem percorrer a rota, é recomendado avisar ao Centro de Informações Turísticas, no Largo dos Padeiros, s/nº, também na parte baixa da vila.

A vila ferroviária de Paranapiacaba é considerada patrimônio histórico nacional e conta ainda com série de museus que resgatam a história da ferrovia, além de trilhas em meio à Mata Atlântica, entre outras atividades. Confira:

Circuito Museológico

Localizado no Caminho do Mens, s/nº, o Museu Castelo abriga acervo que resgata a história local e da ferrovia. Os ingressos custam R$ 3, com visita guiada. O Circuito Museológico da vila conta ainda com o Museu Funicular, com acesso pela passarela e ingresso a R$ 5, além do Centro de Referência em Arquitetura e Urbanismo, com exposição permanente sobre a formação urbana e arquitetônica da Vila Martin Smith (rua Campos Sales, s/nº, grátis). Horário de funcionamento desses espaços no feriado: das 10h às 16h.

Trilhas

Outra opção são as trilhas do Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba em meio à Mata Atlântica. No local, encontram-se exemplares de cedros, bromélias e orquídeas, além da fauna silvestre, com sanhaços, beija-flores, pica-paus, tangarás e macucos, entre outros. Outra atração são as nascentes do Rio Grande, principal formador da Represa Billings, e que dão nome à unidade de conservação.

O horário de funcionamento nos quatro dias do feriado será das 08h30 às 16h. As trilhas só podem ser feitas com o acompanhamento de monitores credenciados pela Prefeitura de Santo André.  O atendimento é feito no Centro de Informações Turísticas (Largo dos Padeiros, s/nº).

Feira do Cambuci

Nos quatro dias do feriado, o Antigo Mercado receberá a Feira Caminhos do Cambuci, com produtos elaborados com o fruto típico da Mata Atlântica, além de artesanatos e mudas da planta. Funcionamento das 10h às 16h.

Além da Rota da Madeira, que tem 34 km e pode ser percorrida a pé ou de bicicleta, feira com derivados do cambuci é atração

Para receber os visitantes, a vila conta ainda com bares, cafés, restaurantes e pousadas, entre outros serviços.

Como chegar

Para chegar a Paranapiacaba de carro, o visitante deve seguir pela Via Anchieta até o Km 29 (placa para Ribeirão Pires), entrar na SP 148 (estrada Velha de Santos) até o Km 33 e acessar a Rodovia Índio Tibiriçá (SP 31) até o Km 45,5. Depois, o motorista deve pegar a SP 122 até Paranapiacaba. Também é possível chegar à vila de ônibus, que sai do Tersa (Terminal Rodoviário de Santo André), ao lado da Estação Prefeito Saladino (CPTM), ou da estação ferroviária de Rio Grande da Serra de hora em hora (Viação Ribeirão Pires, tel. 4828-9646).

Leia também:

Tradicional Festa Junina de Mauá chega à 34ª edição com grandes atrações

Compartilhar: