ABC - Grande SP - Sociedade -

Paranapiacaba recebe quase 60 mil pessoas no primeiro final de semana do Festival de Inverno

Na abertura, prefeito Paulo Serra reinaugurou a Torre do Relógio, símbolo da vila que foi restaurado e ganhou nova iluminação

Um público de 59 mil pessoas passou por Paranapiacaba para curtir as mais de 100 atrações do Festival de Inverno. Segundo informações da Prefeitura de Santo André, 22 mil pessoas estiveram presentes na Vila no sábado (20), primeiro dia de evento, e 37 mil no domingo (21) – gente de todas as faixas etárias e de diferentes cidades.

O início da 19ª edição do FIP foi marcado pela celebração do resgate de um dos principais símbolos do lugar, a Torre do Relógio da estação, totalmente restaurada e agora com iluminação especial. A cerimônia de reinauguração contou com belíssimo show de luzes e encantou os visitantes.

Show de luzes: inauguração da Torre do Relógio, símbolo da vila, marcou o início do 19º Festival de Inverno de Paranapiacaba

“Paranapiacaba desponta novamente com o seu potencial turístico e ambiental, com novidades e atrações como a Torre do Relógio, restaurada e com iluminação especial, para garantir um espetáculo único. A recuperação de símbolos históricos marca um novo tempo na Vila e resgata o orgulho da nossa gente”, afirmou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

Com o restauro, que teve início em janeiro deste ano, o relógio da estação voltou a funcionar, após ficar dez anos parado. A última intervenção voltada à conservação da torre ocorreu em 2003. A obra contou com investimento de R$ 1,2 milhão e foi realizada pela MRS, por meio do Programa Nacional de Cultura (Pronac), do governo federal.

Origem

O relógio e a torre têm histórias diferentes. O relógio data de meados de 1898, quando foi construída uma nova estação de madeira em Paranapiacaba. Naquela época, a torre existente era bem menor e colada à estação. A primeira estação da Vila foi criada em 1867, com o nome de Estação do Alto da Serra.

Em 1977, a estação de madeira foi desativada e a torre, desta vez mais alta, reconstruída em um novo ponto. Para a torre foram transportados o relógio, da marca inglesa John Walker, todos os mecanismos e os gradis metálicos.

Exposição

Logo após a reinauguração da Torre do Relógio, o prefeito Paulo Serra inaugurou a exposição permanente da maquete de ferromodelismo, que foi instalada em um espaço próximo à antiga Garagem das Locomotivas, onde funcionava a área administrativa das oficinas da ferrovia.

Para o prefeito Paulo Serra, a 19ª edição do FIP marca um novo tempo na vila inglesa dos andreenses

Iniciativa do Ferreoclube do ABC, a exposição estará aberta ao público em todos os dias do Festival de Inverno, das 10h às 18h. Após o FIP, a exposição poderá ser visitada aos domingos, das 10h às 16h.

Variedades

A alegria e o bom humor dos palhaços, intervenções de violinistas e estátuas vivas, entre outras atividades culturais e artísticas marcaram o segundo dia do Festival de Inverno de Paranapiacaba. No domingo, logo pela manhã, o frio deu uma trégua e quem foi à Vila curtiu shows, saraus, oficinas e teve a chance de apreciar variedades gastronômicas e produtos de cambuci, fruto típico da Mata Atlântica.

Só no domingo (21) 37 mil pessoas de várias partes do Estado percorreram as ruas das partes alta e baixa da vila

Marca mais forte do blues nacional e a banda há mais tempo em atividade nesse segmento (desde meados dos anos 80 produzindo uma extensa obra autoral), a Blues Etílicos fechou a programação musical no palco do Clube União Lyra-Serrano. O casal José e Luciana Cruz esteve pela primeira vez no FIP e aprovou a organização do festival. “Muitas atrações, comida boa, tudo em uma estrutura bacana. Estamos estreando, mas gostamos do que vimos”. Os dois saíram de Osasco de trem e chegaram à vila de ônibus, sem problemas.

O Festival de Inverno de Paranapiacaba continua no próximo final de semana (dias 27 e 28). Os shows (o Blog do Baena trouxe algumas dicas, veja aqui), exposições e intervenções culturais acontecem em dez pontos diferentes. Além das atrações os visitantes podem acompanhar atividades de lazer, feiras de antiguidades, vinil e artesanato.

Show: palco do Clube União Lyra-Serrano (ULS) é um dos dez locais de atrações que fazem a alegria do público

Programação completa na página do FIP na Internet.

(Fotos: Alex Cavanha e Angelo Baima / PSA)

Leia também:

Novos trens da CPTM entram em circulação na Linha 10-Turquesa

 

Compartilhar: