ABC - Sociedade -

CRI de Ribeirão Pires é reconhecido como utilidade pública estadual

10582984_747218795313479_1890550727433434429_o

Lei sancionada pelo governador João Doria reconhece a relevância do trabalho realizado no local, que poderá receber investimentos do Estado para que as ações sejam ampliadas, a partir de agora

O Centro de Referência do Idoso (CRI) da Estância Turística de Ribeirão Pires foi reconhecido pelo Governo de São Paulo como sendo de utilidade pública estadual, por meio da Lei 17.408, publicada na edição do Diário Oficial de 24 de setembro.

Não é de hoje que o Centro de Referência do Idoso de Ribeirão Pires presta relevantes serviços para a comunidade, atendendo a população idosa com atividades que ensinam e preenchem a vida de dezenas de pessoas, diariamente.

A sanção da lei, pelo governador João Doria (PSDB), reconhece a grandiosidade do trabalho realizado pela entidade. A partir de agora, o Centro de Referência do Idoso poderá receber investimentos governamentais para que as ações sejam ampliadas.

Histórico

Desde agosto de 2017, por intermédio do ex-secretário adjunto de Assistência e Desenvolvimento Social do município, Leandro Feltran, o CRI de Ribeirão Pires tem trabalhado para conseguir a declaração de utilidade pública estadual e a destinação de emendas que visam a ampliação dos serviços prestados à população local.

A Lei 17.408 é fruto do projeto de lei 555/20, de autoria da deputada estadual Leticia Aguiar (PSL).

Leia também:

“A Prevent Senior precisa ser preservada”, diz especialista em gestão de crise

 

COMPARTILHAR: