ABC - Sociedade -

Cartório de Santo André promove ação para o público trans e travesti

Projeto visa alteração de nome e gênero bem como a coleta da biometria

O cartório eleitoral de Santo André (306º Zona Eleitoral) realiza até esta sexta-feira (17) a Semana do Nome Social. O objetivo do projeto é estimular o público transexual e travesti a comparecer ao cartório para incluir o nome social e alterar o gênero no título de eleitor e, ainda, fazer o cadastramento biométrico. Não é necessário agendamento.

A ação resulta de uma parceria entre a 306º Zona Eleitoral e a ONG Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual (ABCD’ S), que está contribuindo com a divulgação do projeto. A fim de despertar o interesse do público-alvo, a Justiça Eleitoral customizou a campanha da biometria com as cores das bandeiras trans (azul e rosa) e LGBT (arco-íris).

Nome social

O direito do eleitor travesti ou transexual de incluir o seu nome social e identidade de gênero no cadastro da Justiça Eleitoral foi regulamentado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na Resolução 23.562 de 22 de março de 2018.

Nome social é a designação pela qual a pessoa travesti ou transexual se identifica e é socialmente reconhecida.

SERVIÇO – Semana do Nome Social

Período: 13 a 17 de maio

Documentos necessários: documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e título de eleitor, se tiver

Horáriode segunda a sexta-feira, das 12h às 18h

Endereço: Travessa Doutor Rodrigo Antonio, 33, Vila Alpina – Santo André

 

Leia também:

Teatro: Antonio Petrin celebra a amizade ao lado de Roberto Arduin em “Aeroplanos”

 

Compartilhar: