ABC - Política -

Auricchio revê pontos da Lei Cidade Limpa em São Caetano

Cerca de 60 representantes da ACISCS (Associação Comercial e Industrial de São Caetano do Sul) estiveram reunidos nesta segunda(06), no Palácio da Cerâmica, com o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) para discutir a Lei Cidade Limpa. Ficou definido que a legislação será remodelada com propostas de comerciantes e industriais.

“Dialogar com os empresários para remodelarmos essa lei e mandar o projeto ao Legislativo o mais rápido possível representa o fomento da economia da cidade neste momento”, disse o chefe do Executivo. Auricchio – que criou a Lei Cidade Limpa em 2009 – espera que até o Dia das Mães a nova proposta (menos restritiva à publicidade das promoções em vitrines dos estabelecimentos, por exemplo) já esteja em vigor.

Os vereadores Tite Campanella (PPS) e Eduardo Vidoski (PSDB) acompanharam o encontro, assim como o secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Silvio Minciotti.

Efeito Doria

O prefeito aproveitou para anunciar ainda que está para ser criado um projeto de lei – a ser encaminhado à Câmara – com o objetivo de acabar com as pichações e contra o despejo indiscriminado de entulho na cidade. “Existem pesquisas que afirmam que as pichações são itinerantes e, com certeza, com o arrocho sobre os pichadores na capital, eles poderão migrar para São Caetano e não queremos isso”, comentou Auricchio.

 

Compartilhar: