Grande SP - Sociedade -

Advogado Alberto Rollo morre aos 71 anos

O renomado advogado Alberto Lopes Mendes Rollo morreu neste sábado (07), em São Paulo, vítima de complicações provocadas pelo diabetes. Ele estava internado há dois meses, no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, devido a uma infecção nos pés.

Bacharel em Direito, além de Economia e Administração, Rollo foi professor universitário e um dos sócios-fundadores de um dos mais importantes escritórios do país na área eleitoral – localizado na capital paulista -, onde atuava ao lado dos filhos Arthur, Alberto e Alexandre. Foi, inclusive, presidente da Comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP) e trabalhou no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Autor de mais de 15 livros jurídicos, Alberto Rollo advogou para políticos famosos em todo o Estado e no cenário nacional. Entre eles, o atual presidente Michel Temer (PMDB); o ministro da Fazenda Henrique Meirelles; o senador Renan Calheiros (PMDB); o ex-prefeito da capital e ministro Gilberto Kassab (PSD); os deputados federais Celso Russomanno (PRB), Alex Manente (PPS), Mara Gabrilli (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM), atual secretário estadual de Habitação; e os deputados estaduais Orlando Morando (PSDB), eleito prefeito de São Bernardo, e Celso Giglio (PSDB), ex-prefeito de Osasco.

Ainda atuou em eleições para os governos de Alagoas e do Pará. Centenas de candidatos, vereadores e prefeitos em toda a Grande São Paulo e na Baixada Santista também foram seus clientes. Partiu dele a sugestão para a criação do PSD (Partido Social Democrático), liderado por Kassab.

O velório será realizado a partir das 16h30 deste sábado no Cemitério do Araçá, em São Paulo, onde também ocorrerá o enterro, neste domingo, às 10h00. Confira aqui entrevista que fiz com Alberto Rollo sobre as eleições de 2012 para a TV+, no ABC.

Compartilhar: